domingo, 10 de outubro de 2010

Ammore mio






"No teu olhar
Um espelho de Água
A vida a navegar
Por entre o sonho e a mágoa
Sem um adeus sequer.
E mansamente, Talvez no mar,
Eu feita espuma encontre o sol do teu olhar,
Voga ao de leve, meu amor!
Ao longe a barca nua a todo o pano."

O Mare e Tu (E. Gragnaniello / D. Pontes)
Costa Victoria - 25 Outubro 2009